terça-feira, 27 de novembro de 2012

Thanks mom!

Cheguei atrasada à aula de educação física *que foi a 1ª porque antes tive furo*

F* - Daniela, estás com uma cara de sono! :o
Tumblr_me2aytsdgv1rg31iho1_500_largeEu - Pois estou...
E* - Daniela, estás bem?
Eu - Sim, estou bem! :)
E* - Estás com os olhos muito inchados...
Eu - É cansaço...
E* - O que é que se passou?
Eu - Nada.
M* (baixinho) - Sim, decerteza que não se passou nada...

  Não estou a dizer que as outras não percebam quando se passa alguma coisa comigo, porque elas sabem sempre, mas a M* percebe sempre o que tenho, o que se passou, sem eu dizer uma palavra ou fazer algum gesto. E veio falar comigo. Eu não gosto de falar destas coisas e não a olhei nos olhos numa palavra que tenha dito. Mas no fundo, não disse nada.
  E quando respondi que estava bem, eu estava a falar a sério. Apesar da minha cara não mostrar isso, eu estava realmente bem.

   Ontem fiquei à espera que a minha mãe se fosse deitar para lhe dar os parabéns. *Fui a primeira* Ela agradeceu e deu-me um abraço. Nós estavamos a falar e eu disse-lhe:
Z220165663_large"Eu estou triste pelo que se passou hoje, muito triste. Foi injusto vocês terem discutido (mãe e irmão mais velho) e eu ter pagado. Sempre que ele está à minha beira, não há uma frase que não diga que seja para me incriminar ou deitar a baixo! Ele faz com que as coisas que eu diga ou faça, por mais insignificantes que sejam, pareçam o maior erro que uma pessoa pode cometer! E eu respondo, é claro... Mas por mais desinteressada que possa parecer, tudo o que ele diz, magoa! Nós somos irmãos, mas chega a um ponto em que eu só quero que ele desapareça! Ele nunca fez nada por mim, nunca me ajuda/ou com nada, reclama por cada gesto que faça ou palavra que diga. Eu sou o maior erro que pode existir, segundo ele... Eu sou chata, horrorosa, sou estupida e estupidamente gorda, sou burra, sou uma otária, sou imbecil, não sei fazer nada de jeito, não me sei rir, irrito de propósito, sou resmungona, mal-criada, vádia, aproveitadora, preguiçosa, infantil, e ele diz que se me fechasse num quarto e não saisse mais de lá é que estava bem! Uma coisa é irmãos terem chatices de irmãos, outra coisa é o teu irmão te detestar de morte e fazer questão de o dizer todos os dias de todas as maneiras... Quando eu nunca lhe fiz nada para ele ser assim comigo. Nunca. Eu tento mudar tudo vezes sem conta! Ele pede-me qualquer coisa, eu faço; eu ajudo-o quando precisa, etc etc etc. Mas ele nunca vê essas coisas. Aproveita-se e depois volta a deitar-me abaixo." 
E eu detesto estas conversas, por isso, antes de chegar a meio, já estava desfeita em lágrimas.
Tumblr_me35pxlb0r1rludm8o1_500_largeA minha mãe disse-me que eu só via o meu lado e começou a chorar também... Ela começou a dizer coisas que supostamente eu queria dizer e cada vez me magoava mais, eu interrompia dizendo: FOGO PÁH, EU NÃO DISSE ISSO! Parem de meter na minha boca palavras que eu não disse!! Eu nunca disse que ela não era boa mãe, que ela não se esforçava por nós, que ela não quer saber do que cada um de nós pensa, que ela não vê o meu esforço!.. Mas foi isso que ela percebeu. Eles discutiram imenso na sexta e eu não estava aqui, mas asivinhem só: o motivo fui eu! Ele desculpa todas as ações infantis dele com o facto de eu uma vez ter chamado burra à minha mãe *e isto passou-se numa conversa em que estavamos todos na brincadeira*


Tumblr_m3wyqzvnnr1rw17odo1_500_large
A minha mãe disse: "Desculpa! O teu irmão tem um feitio de cão! Pensas que não sei isso? Ele tem 19 anos e na sexta saiu de casa a chorar porque eu o proibi de ir para o computador durante 1 dia!! 1 dia! Eu sei que tu não és como ele! Eu sei! E eu vejo tudo aquilo que tu fazes, acredita que vejo! Porque é que achas que também te recompenso de vez enquando e a ele nunca fiz isso? Mas também nunca o faço à frente dele já porque sei como ele é, por isso é só mais uma tentativa de evitar discussões estupidas. Eu estou farta de discussões! Sim, ficaste de "castigo" mas quem tem feito o teu castigo sou eu, lembraste? Eu apenas disse aquilo para ele se calar! O que é que queres que lhe faça? Que o meta fora da porta? Eu não posso. Por mais defeitos que ele tenha, é meu filho! Mas peço-te desculpa e agradeço-te porque tu estás sempre lá quando alguém precisa, quando eu preciso, tu és boa pessoa. És tu que choras quando eu choro, és tu que sabes os meus segredos, aqueles que não conto a mais ninguém! Podias ver isso também! Eu só te queria pedir que sejas paciente, eu faço tudo o que posso e não o sei fazer de outra maneira.
Eu disse-lhe que tinha pena que por ele ter assim este feitio e nunca lhe façam nada, e disse-lhe que é precisamente porque não dão importância às infantilidades dele que ele continua assim! Sejamos realistas: Ele tem 19 anos, passa os dias e as noites a jogar computador, não convive com gente da idade dele *apenas em jogos online, vejam a ironia.* Só sai de casa porque trabaha, e mesmo assim é apenas às quartas, quintas e sextas à tarde!.. Quem é que ele é? Ninguém é assim hoje em dia! Ele nem sai à noite, com 19 anos!
Tumblr_mcyx98tuwa1rnovcco1_400_large 

Ela deitou-se à minha beira, e chorou comigo.
Choramos durante muito tempo.
Eu estava deitada no ombro dela e ela estava abraçada a mim quando adormecemos.







156779_10151112392832303_888517662_n_largeDe manhã: "Mãe, não quero ir para a escola com estes olhos"
Ela disse: "Não te preocupes com isso, és linda mesmo com esse ar tristonho. Nós vamos conseguir passar por cima dos problemas juntas. Somos superiores. Agora põe um sorriso tão grande que ofusque esses olhos vermelhos e esses problemas todos aí escondidos."
Kat-dennings-beautiful-beth-herzhaft-black-and-white-favim.com-490860_largeAbraçou-me.


Eu estava bem, de manhã, quando toda a gente pensava o contrário. Eu disse que estava :) Obrigada mãe

E PARABÉNS!




XOXO
SecretSoul

13 comentários:

Mariana disse...

Falo por todas: pedimos desculpa por te termos chateado tanto, mas nós sabíamos que algo se passava, porque se estivesses normal, falavas imenso, rias-te, olhavas para nós e isso não aconteceu :s.
Estava à espera que dissesses alguma coisa, e o teu irmão precisa de ouvir certas coisas, ele é que parece uma criança!
E parabéns à tua mãe mais uma vez*
Amo-te muito Sis♥

Sofia Duarte disse...

Oh querida, nem sabes o quão triste me deixou esta tua história! Já sabes, alguma coisa, estou aqui*

Anne disse...

aiii, isto deixou-me com um nó no coração. :( eu também gostava que a minha mãe tivesse orgulho em mim e que confiasse em mim, mas apesar de ela dizer que eu sou parva quando digo que eu acho que ela e o meu pai me acham uma desilusão, eu acho mesmo isso. :(
tu és forte! :) parabéns à tua mãe ihihih

Luísa Abreu disse...

Não acreditas, mas eu chorei mesmo a ler isto ! * força minha querida, e parabens a essa mae fatanstica!!*

Anne disse...

oh, não sei. :s eu própria me acho uma desilusão a cada dia que passa. :/
ahah, sabe mesmo bem estar bem com as mães, não é? :)

Ana de Oliveira disse...

querida estarei sempre aqui para o que precisares acredita! Força*

Quinn disse...

Força querida! Vocês vão ultrapassar isto juntas. E, se precisares de alguma coisa, nós todas estamos aqui (:

Filipa disse...

eu também chorei a ler isto! Não fazia ideia do que se passava, sabia que era algo em casa com a tua mãe mas não sabia que o motivo era o teu irmão...
LOVE YOU DANI! <3333

Mariana disse...

Obrigada :p love you :3

Joana disse...

É uma situação mesmo triste. Enquanto estava a ler o texto além de ter percebido o quanto eu e o meu irmão temos uma relação diferente da vossa apesar de discutirmos, também me apercebi do quanto uma amiga deve sofrer, pois ela e o irmão têm uma relação parecida com a que tens. Nem sei o que dizer, mas espero que sejas muito forte e que consigas ultrapassar tudo.
Parabéns à tua mãe:)

Joana disse...

Como pedis-te fiz um post sobre o que acontecer - http://joanafii.blogspot.pt/2012/11/dia-da-defesa-nacional-3.html. Assim já terás uma ideia de como será o dia.

Nix disse...

Quando temos uma relação assim com o nosso irmão mais velho deve ser horrível... Espero que estejas mesmo bem (:

Andrea Brito disse...

Gostei tanto deste final :)